Dia de são valentim portugal

dia de são valentim portugal

Qual a origem do dia de São Valentim?

Considerado mártir pela Igreja Católica, a data de sua morte — 14 de fevereiro — também marca a véspera de lupercais, festa anual celebrada na Roma antiga em honra a deusa Juno e ao deus Pan.

Por que os brasileiros não têm o costume de celebrar o dia de São Valentim?

Curiosamente, os brasileiros não têm o costume de celebrar o Dia de São Valentim, pois esta é uma tradição dos países anglo-saxões, que não encontrou muita acolhida por aqui. No Brasil, o Dia dos Namorados é comemorado no dia 12 de junho, véspera de Santo Antônio, popularmente conhecido como santo casamenteiro.

Como o amor exalta-se no dia de São Valentim?

No Dia de São Valentim, o amor exalta-se das mais diversas formas. Entre arrancar pétalas a um malmequer, fazer figas, pedir desejos a estrelas cadentes ou fontes de água milagrosas, fazer promessas ou trocar cartas e postais de amor, estes são exemplos das tradições e rituais que se mantêm ao longo de gerações.

Quem são os mártires com o nome de Valentim?

A História conta que existem dois mártires com o nome de Valentim. Um deles, nasceu em 175, perto de Roma, onde foi consagrado bispo. Naquela época, Valentim lutou contra as ordens do imperador Cláudio II, que havia proibido o casamento durante as guerras, pois acreditava que os solteiros eram melhores combatentes.

Como é o dia de São Valentim?

Sua história, o relato que traçou este feriado especial, começa na Roma do século III. “Porque este era o dia de São Valentim, quando todos os pássaros de todos os tipos que os homens possam imaginar vêm a este lugar para escolher seu companheiro.” No século III a.C, o Império Romano estava lutando contra vários problemas.

Qual é a origem dos costumes do dia de São Valentim?

Um sacerdote chamado Valentim desobedeceu a ordem do imperador e, secretamente, realizou o casamento de jovens casais. . . . Muitas histórias dizem que Valentim foi executado em 14 de fevereiro por volta de 269 A.D. Em 496 A.D., o Santo Papa Gelásio I fixou 14 de fevereiro como Dia de São Valentim.”

Quem é o padre de São Valentim?

São Valentim existiu, foi real, e temos inúmeros testemunhos arqueológicos a respeito da sua figura. Ele foi um padre corajoso que casou secretamente centenas de soldados com suas parceiras, apesar da proibição do imperador Cláudio II. O Dia de São Valentim não é uma invenção de uma loja de departamentos.

Como o amor exalta-se no dia de São Valentim?

No Dia de São Valentim, o amor exalta-se das mais diversas formas. Entre arrancar pétalas a um malmequer, fazer figas, pedir desejos a estrelas cadentes ou fontes de água milagrosas, fazer promessas ou trocar cartas e postais de amor, estes são exemplos das tradições e rituais que se mantêm ao longo de gerações.

Papa Júlio I (337-352) construiu uma igreja em honra a esse mártir na “Porta del Popolo”, que se chamava Porta Valentini; o Papa Honório I (625-638) restaurou-a e ela se tornou um centro de peregrinações muito frequentado. A maioria das relíquias de São Valentim se encontram na igreja de S. Praxedes. Por que patrono dos namorados?

Postagens relacionadas: