Greve cp amanhã

greve cp amanhã

Quais são os efeitos da greve dos maquinistas da CP?

Os efeitos da greve dos maquinistas da CP, marcada para os dias 23, 24 e 25 de Dezembro, começam a fazer-se sentir amanhã. A percentagem de serviços mínimos em relação ao universo dos comboios programados para sexta-feira é de cerca de 15 por cento, nos suburbanos de Lisboa, e 16 por cento, nos do Porto.

Quais são os motivos da greve dos comboios de Portugal?

A greve dos trabalhadores da CP -- Comboios de Portugal, da IP e das suas empresas filiadas (IP Telecom, IP Património e IP Engenharia) foi convocada pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Setor Ferroviário (SNTSF) e pela Federação dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações (Fectrans), que reclamam um aumento geral dos salários.

Quais são os trabalhadores abrangidos pelo pré-aviso de greve?

São abrangidos pelo pré-aviso de greve 800 a 1.000 trabalhadores das carreiras comercial e de transportes da CP. As greves de trabalhadores da CP - Comboios de Portugal vão causar fortes perturbações na circulação de comboios nos próximos cinco dias, prevendo-se para o final do dia de hoje atrasos e supressões.

Quando vai ser a greve do Ferroviário?

Os sindicatos e comissões de trabalhadores do setor ferroviário agendaram ontem uma greve para 06 de março na CP e na CP Carga, tendo também decidido a mesma forma de luta na REFER para o dia seguinte.

Quem está abrangido pelo pré-aviso de greve?

Os trabalhadores dos serviços públicos de saúde também estão abrangidos pelo pré-aviso de greve necessário para participar na manifestação nacional da função pública de sexta-feira.

Como fazer aviso prévio de greve?

O aviso prévio de greve deve ser efetuado por meios idóneos, nomeadamente por escrito ou através dos meios de comunicação social, art.º 534.º, n.º 2, do CT. As entidades que declarem a greve devem dirigir o aviso prévio ao empregador ou às associações de empregadores, bem como ao ministério responsável pela área laboral, art.º 534.º, n.º 1, do CT.

Quais são os requisitos para a realização da greve?

Excecionalmente, em empresas em que a maior parte dos funcionários não esteja sindicalizada, a realização da greve poderá ser decidida por uma assembleia que tenha sido convocada expressamente com essa intenção por um mínimo de 20% dos trabalhadores ou, numa empresa de grandes dimensões, duzentos.

Quais são os direitos e obrigações dos trabalhadores durante uma greve?

Se o trabalhador estiver a receber uma prestação da Segurança Social ou devido a acidente de trabalho ou a doença profissional, o pagamento mantém-se. No entanto, perde o direito à retribuição, ou seja, não recebe o salário referente ao período em que faltou. Essa é, aliás, apontada como a maior desvantagem por quem faz greve.

Postagens relacionadas: