Endoscopia com anestesia

endoscopia com anestesia

Por que o doente deve ser acompanhado ao exame de endoscopia com sedação ou anestesia?

As endoscopias digestivas, devido ao desconforto e ansiedade que podem causar no paciente podem ser fator de stress, levando a alterações hemodinâmicas, nestes casos, o médico gastroenterologista pode aconselhar a endoscopia com sedação.

Qual a sedação usada na endoscopia?

A endoscopia é um procedimento usualmente feito sob sedação profunda embora não seja obrigatória. O propofol é uma das medicações que podem ser usadas e a escolha depende da experiência do médico e da estrutura do serviço de endoscopia. Não existe uma sedação padrão.

Qual a diferença entre anestesista e endoscopista?

Quando o anestesista está junto, ele pode se ocupar da monitorização do paciente e da segurança, enquanto o endoscopista se concentra nas imagens do exame. Além disso, a qualidade da sedação é melhor quando feita por um especialista, que dedicou 9 anos de estudos e prática nessa área.

Quais os riscos da endoscopia?

As medicações utilizadas visam diminuir o reflexo de dor e o nível de consciência causando uma amnésia temporária onde o paciente não tem a lembrança do precedimento. Todo procedimento médico tem um risco inerente e no caso da endoscopia é baixo e depende de fatores como a experiência da equipe de saúde e a estrutura disponível.

Qual a diferença entre anestesia e endoscopia?

A anestesia pode afectar a sua capacidade de reacção e de atenção, por isso, deve sempre trazer um acompanhante que o leve a casa. Este exame pode ser realizado tanto a adultos como a crianças. Neste caso, a endoscopia em idade infantil é, habitualmente, efetuada sob sedação / anestesia.

Por que fazer exames endoscópicos sob sedação?

Cada vez mais pessoas optam por efectuar os seus exames endoscópicos (endoscopia digestiva alta e colonoscopia) sob sedação (anestesia) para obterem um maior grau de conforto na realização dos mesmos, mas ainda existem muitas dúvidas sobre este assunto, que tentaremos desmistificar. A sedação faz mal?

Quando é recomendado fazer a endoscopia?

Como é um procedimento invasivo, é recomendado só quando há necessidade de investigar alguma doença ou em atendimentos de urgência. Converse com seu médico sobre a realização da endoscopia. Embora seja seguro, o teste envolve anestesia. Por isso, indivíduos com obesidade mórbida e doenças cardíacas precisam realizá-lo em ambientes hospitalares.

O que são exames endoscópicos?

Os exames endoscópicos são na sua generalidade exames relativamente curtos e a dose do fármaco administrada é apenas a suficiente para poder conferir conforto ao doente e qualidade na realização do exame.

Cada vez mais pessoas optam por efectuar os seus exames endoscópicos (endoscopia digestiva alta e colonoscopia) sob sedação (anestesia) para obterem um maior grau de conforto na realização dos mesmos, mas ainda existem muitas dúvidas sobre este assunto, que tentaremos desmistificar. A sedação faz mal?

Por que o doente deve ser acompanhado ao exame de endoscopia com sedação ou anestesia?

Qual é o tipo de anestesia feita para endoscopia?

O tipo de anestesia feita para endoscopia é a sedação profunda. A sedação vai agir na consciência e no estado de sono e vigília. Ao ser aplicada na veia, a medicação age no organismo de forma a produzir duas reações:

Qual é a diferença entre anestesista e anestesiologista?

A função dos anestesistas e anestesiologistas são similares; ambos são especialistas licenciados que podem administrar anestesia. Contudo, também existem diferenças, principalmente no nível de treinamento necessário e o tipo de suporte que eles devem oferecer.

Qual a sedação usada na endoscopia?

A endoscopia é um procedimento usualmente feito sob sedação profunda embora não seja obrigatória. O propofol é uma das medicações que podem ser usadas e a escolha depende da experiência do médico e da estrutura do serviço de endoscopia. Não existe uma sedação padrão.

Por que os médicos anestesiologistas são cada vez mais procurados no mercado?

Esta especialidade é uma das mais procuradas no mercado, não só porque existem poucos médicos anestesiologistas, como existe uma maior procura destes profissionais, muito pela expansão das redes hospitalares, tanto públicas, como privadas. Tendo em conta este rácio, os salários oferecidos a estes profissionais são cada vez melhores.

Postagens relacionadas: