Nau vila do conde

nau vila do conde

Por que visitar a Vila do Conde no verão?

Uma visita a vila do Conde é quase um passeio obrigatório para as gentes do Norte de Portugal especialmente no verão. Mas nós acreditamos que esta bela cidade Nortenha merece muito mais atenção do que aquela que lhe é habitualmente atribuída pela maioria dos portugueses.

Qual a história de Vila do Conde?

A origem do nome de Vila do Conde estará muito provavelmente relacionada com um ascendente de Flamula, um dos vários condes presores da Reconquista Cristã da sua progénie, entre os séculos IX e X. Nos primeiros anos do século XIII, D.Sancho I de Portugal cedeu as terras à sua amante, D. Maria Pais da Ribeira, a Ribeirinha, e seus filhos.

Quem é o dono da Vila do Conde?

Algures no século XII, “Meem Paaez Bofinho”, o Conde D. Mendo Pais Roufino de Azevedo, terá administrado esta povoação. Tal facto carece de provas documentais, ainda que o Conde D. Mendo tivesse sido associado à fundação de Vila do Conde durante vários séculos.

Qual é a primeira referência a Vila do Conde?

Vila do Conde é uma povoação muito antiga, mais antiga ainda que a fundação de Portugal (1143). A primeira referência a Vila do Conde surge no ano de 953 e podemos encontrá-la no livro da condessa Mumadona Dias. A população de vila do Conde participou ativamente nos descobrimentos portugueses.

Por que visitar Vila do Conde?

«Vila do Conde é uma aldeia em ponto grande», diz Susana Sousa, que abriu uma guest house e uma casa de chá. Ti Amo Vila, a primeira geladaria artesanal de Vila do Conde. Lojas e restaurantes novos, arte urbana e um mercado municipal renovado são algumas das razões pelas quais a cidade banhada pelo Rio Ave merece ser (re)visitada.

Quais são as atividades que podem ser feitas em Vila do Conde?

Durante a sua estada em Vila do Conde, visite o Museu das Rendas de Bilros. Instalado na Casa do Vinhal (típico solar urbano do século XVIII), o museu com exposição permanente, inclui peças das mais diversas origens e, para além disso, acolhe a maior renda de bilros do mundo, certificada pelo “Guinness World Records”.

Por que a Vila do Conde merece ser revisitada?

Lojas e restaurantes novos, arte urbana e um mercado municipal renovado são algumas das razões pelas quais a cidade banhada pelo Rio Ave merece ser (re)visitada. «Vila do Conde é uma aldeia em ponto grande», diz Susana Sousa, uma de quatros sócios da Erva Doce Guest House – um projeto familiar de alojamento e casa de chá, que funciona há três anos.

Como surgiu o Museu de Vila do Conde?

Em 1979, na Casa de S. Sebastião, atual Centro de Memória, é criada uma exposição, com peças cedidas temporariamente, potenciadora da coleção do Museu de Vila do Conde, nomeadamente no que se refere à musealização da Construção Naval de Madeira. Era dado o primeiro passo para a criação de uma estrutura museológica concelhia.

Qual a história de Vila do Conde?

A origem do nome de Vila do Conde estará muito provavelmente relacionada com um ascendente de Flamula, um dos vários condes presores da Reconquista Cristã da sua progénie, entre os séculos IX e X. Nos primeiros anos do século XIII, D.Sancho I de Portugal cedeu as terras à sua amante, D. Maria Pais da Ribeira, a Ribeirinha, e seus filhos.

Quais são as principais atividades econômicas do município de Vila do Conde?

O município de Vila do Conde está dividido em 21 freguesias. O seu principal ganho por setor de atividade econômica vem da agricultura, produção animal, caça e pesca. E é, de fato, conhecido por possuir um dos principais núcleos de pesca de Portugal.

Qual é o ensino superior em Vila do Conde?

O ensino superior em Vila do Conde conta com Instituto Politécnico do Porto – Escola Superior de Media, Artes e Design (ESMAD) e Escola Superior de Hotelaria e Turismo (ESHT) e Faculdade de Ciências da Universidade do Porto – “Campus Agrário” de Vairão.

Qual é o litoral de Vila do Conde?

Localizada na margem Norte da foz do rio Ave, Vila do Conde é um importante centro industrial, porto de pesca e zona balnear e turística, configurando um dos principais e mais procurados centros balneares do país.

Postagens relacionadas: