Consulta do viajante lisboa

consulta do viajante lisboa

Quais são as consultas do viajante?

As Consultas do Viajante destinam-se a todos os que procuram viajar para fora do seu país de residência. São preferencialmente administradas por um médico especialista em Doenças Infecciosas e Medicina Tropical, podendo no entanto ser realizadas por qualquer outro médico no exercício das suas competências.

Quais documentos são necessários para a consulta do viajante?

Os documentos necessários para a consulta do viajante são: o cartão de cidadão ou BI, o cartão de utente do SNS, o boletim de vacinas (caso não tenha ainda o eBoletim de Vacinas) e uma lista da medicação habitual. Deverá também levar documentação médica que ache pertinente.

Quais são os conselhos aos viajantes?

Conselhos aos Viajantes - Vai viajar? - Portal das Comunidades Portuguesas Em caso de necessidade, as Secções Consulares das Embaixadas e os Consulados Portugueses podem prestar apoio aos viajantes. Esse apoio traduz-se na: facilitação do contacto com unidades hospitalares, em caso de acidente ou doença e com advogados em caso de detenção.

É verdade que a consulta do viajante pode ser feita em clínicas privadas?

Enquanto viajantes, fazemos sempre a consulta do viajante antes de nos lançarmos numa nova aventura. Não é preciso usar os serviços de hospitais ou clínicas privadas. Nós usamos o SNS para a Consulta do Viajante e nunca pagámos mais do que 7€/consulta do viajante, já com a toma das vacinas que são gratuitas no PNV na Consulta do Viajante.

Qual a importância da consulta do viajante?

Sempre que se viaja para a Ásia, América do Sul e Central e África, deve-se ir a uma Consulta do Viajante, que será efectuada por um médico especialista em doenças infecciosas e medicina tropical. A Consulta do Viajante uma consulta personalizada e especificamente destinada e garantir as melhores condições possíveis ao viajante em termos de saúde.

Quanto custa a consulta do viajante?

O Serviço Nacional de Saúde (SNS) tem consulta de viajante com apenas o pagamento da taxa moderadora, na generalidade 7€, que inclui a consulta do médico especialista em medicina tropical e um centro de vacinação gratuita para as vacinas cobertas pelo Plano Nacional de Vacinação na Consulta do Viajante.

Como consultar o viajante antes da viagem?

A consulta do viajante deve ser realizada preferencialmente 4 a 6 semanas antes da data da viagem, principalmente nos casos em que é necessária vacinação. Aquando da consulta, o utente deve fazer-se acompanhar do boletim de vacinas e da lista dos medicamentos que toma regularmente.

Quais são as vertentes da consulta do viajante?

A consulta do viajante tem duas vertentes, embora geralmente apenas uma delas seja conhecida – a consulta pré-viagem e a pós-viagem. Tal como o nome indica a consulta pré-viagem é realizada antes da viagem e serve fundamentalmente para aconselhar e mesmo para prescrição médica de vacinas e medicação necessária àquele que vai viajar.

Consulta do Viajante Consulta do Viajante Qual é a utilidade da Consulta do Viajante? Nesta consulta é informado sobre medidas preventivas (ou curativas) a adotar antes, durante e depois da viagem, em função do destino, da viagem e de quem viaja.

É verdade que a consulta do viajante pode ser feita em clínicas privadas?

Quando e onde fazer a consulta do viajante? A consulta do viajante deve ser realizada preferencialmente 4 a 6 semanas antes da data da viagem, principalmente nos casos em que é necessária vacinação. Aquando da consulta, o utente deve fazer-se acompanhar do boletim de vacinas e da lista dos medicamentos que toma regularmente.

Qual o preço da consulta do viajante nos serviços de saúde privados?

Quanto tempo antes da viagem devo ir à consulta do viajante? Independentemente do tipo de consulta do viajante que escolher (seja online ou presencial), saiba que a mesma deve idealmente ser feita 4 a 6 semanas antes da data de partida. É preciso marcar consulta com antecedência?

Postagens relacionadas: