Histerectomia

histerectomia

O que você deve saber sobre a histerectomia?

Pode ser que você tenha problemas para urinar e sangramento pela vagina por alguns dias. A constipação intestinal é outro efeito colateral comum após a histerectomia. Além de tomar os remédios prescritos, você pode ajudar a combater o problema incluindo na dieta alimentos ricos em fibra e mantendo-se hidratada.

Quais são as dores após a histerectomia abdominal?

As dores após a histerectomia na região abdominal (barriga) devem-se à própria cirurgia e à cicatriz, no caso da histerectomia abdominal. Pela permanência na cama nos primeiros dias após a cirurgia pode haver uma dor lombar (dor nas costas), que deixa de se sentir com o início da atividade física.

Como é feita a histerectomia subtotal?

O que é histerectomia? A histerectomia é uma cirurgia ginecológica (ou operação) que consiste na remoção do útero, podendo ser realizada por via laparoscópica, por via abdominal ou por via vaginal, conforme abordaremos mais à frente com detalhe.

Qual a diferença entre histerectomia e laparotomia?

As histerectomias realizadas por laparoscopia e por cirurgia robótica são sempre realizadas com anestesia geral. A histerectomia realizada por laparotomia (corte semelhante ao da cesárea) ou a histerectomia vaginal, a anestesia habitualmente realizada é a raquianestesia, mas se houver necessidade, a anestesia geral também poderá ser realizada.

Quanto tempo dura uma histerectomia?

Porém, isso depende de qual tipo de cirurgia escolhida e indicada pelo ginecologista. O tempo de recuperação do procedimento dura de três a oito semanas, e pode ser um pouco difícil para a mulher.

Qual a diferença entre histerectomia e laparotomia?

As histerectomias realizadas por laparoscopia e por cirurgia robótica são sempre realizadas com anestesia geral. A histerectomia realizada por laparotomia (corte semelhante ao da cesárea) ou a histerectomia vaginal, a anestesia habitualmente realizada é a raquianestesia, mas se houver necessidade, a anestesia geral também poderá ser realizada.

Qual a diferença entre histerectomia total e subtotal?

Histerectomia total: retirada do útero e do colo do útero; Histerectomia subtotal: retira o corpo do útero, mas mantém o colo do órgão; Histerectomia radical: retirada do útero, do colo, da região superior da vagina e de parte dos tecidos ao redor desses órgãos. É utilizada em casos de câncer em estágio avançado.

Como é feita a histerectomia?

O procedimento é realizado quando outros tratamentos clínicos não foram bem-sucedidos e consiste na retirada do útero, das trompas e ovários, dependendo dos órgãos afetados e do tipo de histerectomia escolhida. A recuperação acontece em torno de três a oito semanas, de acordo com a cirurgia realizada.

Quais são as dores após a histerectomia abdominal?

As dores após a histerectomia na região abdominal (barriga) devem-se à própria cirurgia e à cicatriz, no caso da histerectomia abdominal. Pela permanência na cama nos primeiros dias após a cirurgia pode haver uma dor lombar (dor nas costas), que deixa de se sentir com o início da atividade física.

Qual é a diferença entre histerectomia radical e ooforectomia?

Durante a histerectomia radical, o cirurgião remove o útero, os tecidos que estão localizados ao lado do útero, colo do útero e a parte superior da vagina, também executa a Ooforectomia. A histerectomia radical geralmente é executada só quando você tem um tumor. A ooforectomia é uma operação cirúrgica onde você remove os ovários.

Qual a diferença entre histerectomia e laparotomia?

As histerectomias realizadas por laparoscopia e por cirurgia robótica são sempre realizadas com anestesia geral. A histerectomia realizada por laparotomia (corte semelhante ao da cesárea) ou a histerectomia vaginal, a anestesia habitualmente realizada é a raquianestesia, mas se houver necessidade, a anestesia geral também poderá ser realizada.

Postagens relacionadas: