Anexo h ies

anexo h ies

Qual a versão da IES que está disponível para utilização?

Acontece que a IES que está disponível para utilização é a versão dos anos anteriores, não se encontrando qualquer alteração no anexo H. Existe alguma informação sobre o tema ou vai haver alguma atualização até 7 de agosto? A questão colocada refere-se aos formulários de submissão da IES do período de tributação de 2019.

Quando deve ser entregada a IES?

Deve ser entregue anualmente até ao 15.º dia do 7.º mês posterior à data do termo do exercício económico. Ou seja, uma empresa com ano fiscal que termina a 31 de dezembro, deverá entregar a IES até ao dia 15 de julho do ano seguinte.

Como preencher o Anexo H do IRS?

Como preencher o Anexo H do IRS. Para preencher o Anexo H do IRS precisa de reunir as despesas individuais ou do agregado familiar de saúde, educação, lares e imóveis comprovadas com fatura com número de contribuinte. O anexo H do IRS foi criado em 2016 por observação de um regime transitório de IRS.

Qual o período de tributação da IES?

Apenas está prevista a alteração aos formulários da IES para o período de tributação de 2020 (períodos normais de tributação), a submeter em 2021.

O que é a IES e para que serve?

Com a IES, criada para facilitar a vida dos empresários, todas as informações prestadas pelas empresas passam a ser entregues por via eletrónica, numa única data e a uma única entidade: Registo das contas anuais na Conservatória do Registo Comercial;

Qual a importância da IES para as empresas?

Com a introdução da IES, toda a informação que as empresas têm de prestar relativamente às suas contas anuais passou a ser transmitida por via eletrónica, num único momento e apenas a uma única entidade. Veja também Qual a conservatória certa para cada assunto?

Quando deve ser entregada a IES?

Deve ser entregue anualmente até ao 15.º dia do 7.º mês posterior à data do termo do exercício económico. Ou seja, uma empresa com ano fiscal que termina a 31 de dezembro, deverá entregar a IES até ao dia 15 de julho do ano seguinte.

Qual o prazo para a declaração da IES?

Até 2019, a IES era apresentada até ao dia 15 do 7.º mês posterior à data do termo do período económico. Na maioria dos casos, o ano económico corresponde ao ano civil, pelo que a declaração deveria ser entregue até ao dia 15 de julho do ano seguinte àquele a que as contas diziam respeito.

Quem é Obrigado a entregar a IES? Esta medida do Programa Simplex do Governo obriga a que todas as entidades que apresentem prestação de contas a entregarem a Informação Empresarial Simplificada: Sociedades com sede no estrangeiro e representação permanente em Portugal;

Qual o prazo de entrega da IES em 2018?

Qual o prazo de Entrega da IES em 2018? A data de entrega da Informação Empresarial Simplificada em 2018 é o dia 15 de julho (referente ao ano de 2017). Todos os formulários para entrega da IES estão disponíveis no Portal das Finanças, mas devem ser submetidos pelo pelo contabilista certificado (CC) ou Técnico Oficial de Contas (TOC).

Qual a data limite para entrega da IES?

Como preencher o Anexo H do imposto de renda?

Para preencher o Anexo H do IRS precisa de reunir as despesas individuais ou do agregado familiar de saúde, educação, lares e imóveis comprovadas com fatura com número de contribuinte. O anexo H do IRS foi criado em 2016 por observação de um regime transitório de IRS.

Quais são os anexos da Declaração de IRS?

O anexo H é um dos anexos da declaração de IRS e destina-se a declarar rendimentos total ou parcialmente isentos, deduções à coleta previstas, gastos que resultem em benefícios fiscais, informação relativa a imóveis que originam encargos dedutíveis à coleta e ainda aos acréscimos à coleta ou ao rendimento por incumprimento de requisitos legais.

Quais anexos do IRS devem ser preenchidos?

Mas nem todos os anexos do IRS devem ser preenchidos. Tudo depende da situação pessoal e tributária do contribuinte. Veja quais deve preencher no seu caso e o que reportar em cada um.

O que é o Anexo H da Declaração de rendimentos?

O Anexo H da declaração de rendimentos refere-se aos benefícios fiscais e deduções. De todos os anexos do IRS, este é o mais conhecido e utilizado pelos contribuintes. É aqui que entram as despesas que reunimos ao longo do ano e que são alvo de benefícios fiscais.

Postagens relacionadas: